Literatura · Opiniões Literárias

“Gravar as Marcas” de Veronica Roth- Opinião

image

Título Original: Crave the mark (“Gravar as Marcas” em Português)
Publicação: Janeiro 2017
Escritor: Veronica Roth
Editor: Harper Collins
ISBN:9788491391111
PVP: 16,60
Comprar aqui

A minha pontuação:

4-02.png

sinopse
CYRA é a irmã do tirano cruel que governa o povo de Shotet. O dom-corrente de Cyra confere-lhe dor e poder, que o irmão explora, usando-a para torturar os seus inimigos. Mas Cyra é muito mais do que uma arma nas mãos do irmão; é resistente, veloz e mais inteligente do que ele pensa.

AKOS é filho de um agricultor e do oráculo de Thuvhe, a nação-planeta mais gelada. Protegido por um dom-corrente invulgar, Akos possui um espírito generoso e a lealdade que dedica à família é infinita. Após a captura de Akos e do irmão, por soldados Shotet inimigos, Akos tenta desesperadamente libertar o irmão, com vida, custe o que custar. Então, Akos é empurrado para o mundo de Cyra, onde a inimizade entre ambas as nações e famílias aparenta ser incontornável. Ajudar-se-ão mutuamente a sobreviver ou optarão por se destruir um ao outro?

Da autoria de Veronica Roth, Gravar as Marcas é um retrato deslumbrante do poder da amizade e do amor, numa galáxia repleta de dons inusitados.

opiniao

Embora estar ansiosa para ler este livro,  o último que li desta escritora magoou-me imenso e estava um pouco meia pé-atrás com medo que este me desiludisse, mas a saga divergente também começou bem e depois foi o que foi, espero mesmo que este não seja igual.

Mas bem começando, esta história gira em torno de um novo universo, a escritora precisou de muita imaginação para conseguir criar um mundo com tantos detalhes, desde o nome de cada nação, planeta, dons, destinos, tudo, “izzit” a “izzit” palavra também dada como se significasse “centímetro” adorei tudo, mas também é necessário uma pessoa estar bastante a tenta, absorver todo aquele novo mundo que facilmente deixa uma pessoa perdida, também o glossário que há no fim é de enorme ajuda para não nos esquecermos dos nomes principais. 17458232_1830978350260997_6697526069630775337_n
O livro é narrado por duas personagens, Cyra irmã do governador do povo Shotet, que aproveitasse do seu dom-corrente para fazer as pessoas temê-lo. Esse dom é também um pesadelo, faz-lhe sentir dor, correndo por  todo o seu corpo com sombras negras, quando ela toca em alguém essa dor é transportada para a outra pessoa aliviando-a um pouco, mas nada substitui a dor de tirar a vida a alguém. Tudo muda quando Akos chega. Akos, também narrador da história, tem como dom corrente, interromper outros dons e quando ele é levado para ser criado dela uma ligação é criada entre eles, pois ele é uma das únicas pessoas que é capaz de tocar nela e fazê-la esquecer de toda a dor que sente. Mas Akos não tenciona ficar la muito tempo e deseja salvar o irmão das garras do irmão de Cyra, que tem planos grandiosos para o futuro.

Ao início não estava a gostar, sentia que o mundo não me estava a envolver, parecia que não conseguia entrar lá dentro, mas aos poucos e poucos, comecei a ser envolvida. O mundo começou a fazer sentido para mim, comecei a ver a história!
Sinto apenas que a escritora dá demasiados detalhes, detalhes supérfluos que não faziam falta nenhuma e só faz uma pessoa entediada, mas também é algo que se deixa de reparar com o tempo, começamos a querer absorver a história toda e quando termina ficamos “E agora? Entrei neste mundo, não quero sair, quero saber mais e mais!”

Gostei bastante, novamente os meus parabéns à escritora pela sua magnifica imaginação, é assim que percebemos de pessoas que nasceram para escrever.  Só por esse simples facto dei logo o valor de 3,5 estrelas (e não compreendo quem deu uma estrela a este livro porque criar um mundo de fantasia não é facil  e a escritora merece que valorizem isso) , o resto foi por ter-me prendido, não digo do inicio ao fim, mas do meio pelo menos ahahah
Recomendo o livro e agora é esperar que venha a continuação! 😀

Um obrigada à HarperCollins por me ter cedido este exemplar ❤

Uma leitura com o apoio de

Harper Collins Portugal

Anúncios

One thought on ““Gravar as Marcas” de Veronica Roth- Opinião

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s